Consuelo Novais Sampaio

PhD em Historia pela The Johns Hopkins University

História da Brincadeira Brasileira

Historia da Brincadeira Brasileira ,é simplesmente um livro  maravilhoso! Que enriquecimento notável trará para nossas crianças, para as suas familias, que terão também a oportunidade de absorver conhecimentos que darão novo sentido às suas vidas, na medida em que, ao folhearem suas páginas, passam a saber que há algo mais-- além do dia a dia penosa e triste, sem brincadeiras, sem cantigas -- muito precioso, neste nosso mundo que vai ficando tão amargo e pobre, mesmo para as crianças ricas.

É lastimavel que o crescimento desordenado das nossas cidades, que se recusam a ter um plano diretor de expansão, tenha devorado áreas, muitas delas arborizadas, sem considerar que nos espigões também vivem crianças. Sei que não cabe aqui criticar os nossos “urbanistas” de gabinete, que só veem os lucros advindos das construtoras, mas posso lamentar que a geração que sucedeu à minha não saiba sequer o que é um quintal. Se tem alguma ideia, é porque ouviram da avó, não porque subiram em árvores, dançaram roda, brincaram de picula, e tantas outras brincadeiras. Fui uma dessas felizardas que passou a infância e a adolescência sempre em casas providas de amplo quintal. Numa delas, quatro irmãs, subíamos numa das árvores, cada qual no seu galho, para brincar da “Hora do Pato”, cada uma cantando e após, sendo aplaudida  ia para o trono, que era o galho mais belo e confortável da nossa árvore favorita. Por último, moramos numa bela chácara, no fim de linha do bairro de Brotas, tão grande que hoje abriga o bairro do Candeal e ia até onde corre o rio que separa as duas pistas da avenida abaixo.

Não devo alongar-me, mas não posso deixar de elogiar o método de análise da autora, mostrando a riqueza que herdamos, e não podemos perder, dos povos que nos deram origem: índios, portugueses, africanos, cada qual com a sua riqueza cultural, voltada para as crianças. E para isso, colocou esses povos nos seus contextos históricos, de maneira tão atraente que chega a fascinar.

 Enfim, só posso parabenizar a Narizinho por mais este belo livro com que nos presenteia, fruto de um trabalho perseverante e criterioso, de lutas e muitas lutas contra incompreensões  e desdéns, como se brincadeiras não fossem tão importantes como a alimentação quotidiana, sem se darem conta que são elas, para jovens e adultos, o melhor alimento do espírito e energizante poderoso para qualquer realização que se deseje levar a cabo. Desejo que, alguém possuidor de clarividência e bom senso inclua esta sua obra no currículo escolar de nossas crianças,sabendo que assim fazendo estará evitando que muitas delas sejam enviadas a psicanalistas, ou sigam sem rumo na vida. Esta é a fase de formação de suas personalidades, e deve ser enriquecida com o tonificante que constitui este livro.

Fale Conosco:
Envie uma mensagem AQUI

Ligue:

71-99301-1000

  • youtube
  • facebook
  • instagram

CONHEÇA MAIS UM POUCO DAS NOSSAS REDES SOCIAIS